Homossexualismo e adoração

0
388

A liberação crescente do homossexualismo na sociedade é o resultado de um desvio crescente da adoração verdadeira na Igreja. Como pode ser isso? A humanidade foi criada fundamentalmente para ser de adoradores. Se as pessoas não estão devotadas à adoração apropriada do Criador, elas cairão na adoração da criação. Como Paulo explicou no primeiro capitulo de Romanos, esta é a principal causa do homossexualismo.

A música e outras formas de arte foram talentos dados ao homem de tal forma que pudéssemos expressa a nossa adoração a Deus. Usar os nossos dons espirituais ou talentos naturais na adoração a Deus é a forma mais elevada de realização que podemos conhecer nesta terra. Entretanto, muitos dos artistas mais dotados e talentosos na história foram homossexuais.

Muitos desses caíram no homossexualismo porque não havia saída na Igreja para a sua adoração por meio das artes. Por conseguinte, eles se voltaram para a adoração da criação, em vez do Criador. Os homossexuais são libertos do seu pecado e tem uma saída adequada para os dons que Deus lhes entregou, tornar-se-ão alguns dos mais puros adoradores do Senhor, e ajudarão a liberar a adoração verdadeira na Igreja.

Isto não implica que todo o problema do homossexualismo seja resultado da Igreja ser fechada para certas formas de adoração por meio das artes. Grande parte da depravação resulta da escolha dos homens em adorar a criatura no lugar do Criador. Entretanto, a Igreja é chamada para ser a luz do mundo. Se o mundo está mergulhando em trevas crescentes, não devemos pôr a culpa desse fato no governo, ou até na sociedade, mas na Igreja. As respostas de todos os problemas da sociedade são espirituais, não políticas.

Quando buscarmos combater os problemas sociais e morais, devemos compartilhar a verdade que liberta as pessoas, não simplesmente as condenando e alienando.

Rick Joyner

 

 


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA