O PODER DE DEUS

0
1349
o poder de Deus

o poder de Deus

Na carta de Paulo aos Efésios, ele discute vários assuntos tais como soberania divina na eleição, poder divino na redenção, nosso lugar de privilégio em Cristo, a unidade dos cristãos em Cristo, maturidade espiritual, conduta santa, pais e filhos, casamento, a igreja, e assim por diante. Ele conclui a carta dizendo aos seus leitores “vistam toda a armadura de Deus”, e começa a listar as partes que constituem esta armadura. A toda armadura de Deus é deveras completa, incluindo tudo o que os cristãos necessitam para “ficar firmes contra as ciladas do Diabo”.

Começaremos nossa exposição desta passagem bíblica sobre a armadura de Deus a partir de Efésios 6:10, onde Paulo escreve, “Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder”. O apóstolo admoesta o leitor a se “fortalecer”, mas ele diz para fazer isto “no Senhor”. Os cristãos derivam sua força de Deus –– somos fortes somente pelo Seu “forte poder”. Logo no início da carta, Paulo indica que o mesmo poder que Deus exercitou na ressurreição de Cristo está sendo exercido em benefício daqueles que estão em Cristo:
“Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos. Esse poder é conforme a atuação da sua poderosa força, que ele exerceu em Cristo, quando o ressuscitou dos mortos e o fez assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais” (Efésios 1:18-20).

Deus já está aplicando este grande poder em nós, assim, não precisamos pedir para que o mesmo se torne disponível; antes, Seu poder será manifesto em nossas vidas quando nossas mentes forem “iluminadas”, de forma que possamos conhecer “a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos…que ele exerceu em Cristo” em Sua ressurreição e entronização. É por este entendimento teológico que devemos estudar e orar.

O poder que Deus fez disponível para nós é mais do que suficiente. De fato, é através do “seu poder que atua em nós” que Ele fará “infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos” (Efésios 3:20). Podemos ter confiança para enfrentar a pressão e as circunstâncias adversas, sabendo que Deus colocou em nossas vidas um poder tão forte que ressuscitou Jesus dos mortos. Este poder está disponível a toda pessoa que está em Cristo. Esta informação pode surpreender alguns cristãos, especialmente aqueles cujas vidas são caracterizadas por derrota e aridez. Embora o poder de Deus esteja disponível a todo cristão, ele permanece dormente em alguns deles por causa da falta de conhecimento e entendimento. O apóstolo procura remediar isto orando para que Deus ilumine as mentes dos seus leitores, de forma que eles possam perceber o que já foi feito disponível a eles em Cristo.

Assim, quando Paulo diz “fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder”, ele não está sugerindo que nós faremos isto pedindo poder adicional de Deus, mas entendendo que Ele já nos deu, em Cristo. Quando um cristão percebe que o poder de Deus tem sido aplicado a ele através de Cristo, ele cessa de temer as outras pessoas e as circunstâncias negativas. Ele se lembra que a Escritura diz, “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8:31).

Paulo diz que Deus escolheu “fazer conhecido entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança de glória” (Colossenses :27). João explica, “Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus” (1 João 4:15). A Bíblia nos diz que somos “santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em [nós]” (1 Coríntios 3:16). João diz em 1 João 4:4, “Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram”. Por “os”, ele está se referindo aos espíritos que inspiram “falsos profetas”, até mesmo o “espírito do anticristo” (v. 3). Nós os vencemos porque “aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo” (v. 4). Nós podemos vencer o mundo quando cremos e dependemos do poder de Deus. Os escolhidos de Deus são destinados à vitória (Romanos 8:37). Afinal de contas, “Quem é que vence o mundo? Somente aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus” (1 João 5:5).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA